Hotel Fraternité – Arnaldo Antunes

Composição: Arnaldo Antunes / Aldo Fortes / Hans Magnus Enzensberger

Aquele que não tem com o que comprar uma ilha

Aquele que espera a rainha de sabá na frente de um cinema

Aquele que rasga de raiva e desespero sua última camisa

Aquele que esconde um dobrão de ouro no sapato furado

Aquele que olha nos olhos duros do chantagista

Aquele que range os dentes nos carrocéis

Aquele que derrama vinho rubro na cama sórdida

Aquele que toca fogo em cartas e fotografias

Aquele que vive sentado nas docas debaixo das gaivotas

Aquele que alimenta os esquilos

Aquele que não tem um centavo

Aquele que observa

Aquele que dá socos na parede

Aquele que grita

Aquele que bebe

Aquele que não faz nada

Meu inimigo

Debruçado sobre o balcão

Na cama em cima do armário

No chão por toda parte

Agachado

Olhos fixos em mim

Meu irmão

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s